segunda-feira, 1 de abril de 2013



Ah, este meu corpo ansioso,
de carinhos desejoso
recebe, emocionado,
cada gota de suor gotejado
do teu corpo fogoso!

Ah, é um fogo que arde!
É uma perpétua descoberta,
é uma sensação incerta
de dor e alegria...

Ah, esse teu corpo fogoso,
unido ao meu, ansioso,
emprenha estrelas e,
desta prenhez santa,
nascem galáxias de prazer...
de amor eterno...

Nenhum comentário:

Postar um comentário